Ir direto para menu de acessibilidade.

Opções de acessibilidade

Página inicial > Notícias > Saúde > Distribuição de medicamentos pela Farmácia Central passa a ser oferecida somente na Policlínica  
Início do conteúdo da página

Distribuição de medicamentos pela Farmácia Central passa a ser oferecida somente na Policlínica  

Escrito por Ascom Miracema - Juliana Carneiro | Publicado: Quarta, 10 de Abril de 2019, 10h11 | Última atualização em Quarta, 10 de Abril de 2019, 10h11 | Acessos: 612

WhatsApp-Image-2019-04-09-at-155322
WhatsApp-Image-2019-04-09-at-110335
WhatsApp-Image-2019-04-09-at-121200
WhatsApp-Image-2019-04-09-at-110334
WhatsApp-Image-2019-04-09-at-110333
WhatsApp-Image-2019-04-09-at-155322 WhatsApp-Image-2019-04-09-at-110335 WhatsApp-Image-2019-04-09-at-121200 WhatsApp-Image-2019-04-09-at-110334 WhatsApp-Image-2019-04-09-at-110333

A Prefeitura de Miracema do Tocantins, por meio da Secretaria Municipal de Saúde e equipe, tem trabalhado de maneira comprometida, com o intuito de oferecer à comunidade atendimento de saúde contínuo e de qualidade. Para que esse atendimento ocorra de forma satisfatória, houve a necessidade de transferência da Farmácia Central para a Policlínica. 

Conforme informações do secretário de Saúde, Leal Junior, essa prática tem sido uma tendência na atualidade, vários municípios aderiram às farmácias centrais e tiveram êxito nos resultados, por ser um sistema que oferece mais controle, melhor condicionamento do material, agilidade no atendimento, maior fiscalização, economia, e, o mais importante, maior disponibilidade de medicamentos. 

Uma das preocupações dessa gestão é manter a farmácia municipal abastecida com os medicamentos da atenção básica e pronta ao atendimento dos que dela necessitam, bem como, munir as Unidades Básicas de Saúde (UBS) com material hospitalar e demais equipamentos pertinentes ao bom desenvolvimento do trabalho e em benefício do usuário.

Segundo a farmacêutica e coordenadora do Almoxarifado e Assistência Farmacêutica Municipal, Luciany Alves Coelho, “o município tem conseguido oferecer atendimento farmacêutico satisfatório e, visando aumentar a eficiência do sistema de controle de estoque, do levantamento dos remédios mais utilizados em nosso município e também do adequado condicionamento dos medicamentos, a Farmácia Central do município passa a funcionar, exclusivamente, na Policlínica”, esclareceu. 

De acordo com a moradora do setor universitário, Izailde Ribeiro de Sousa, que faz uso frequente de medicamentos da atenção básica, a mudança traz benefícios. “Sempre fui bem recebida e, na maioria das vezes que precisei de medicamento, fui atendida. Não tenho do que reclamar. Acredito que a nova estrutura da farmácia irá melhorar ainda mais a disponibilidade dos medicamentos”, afirmou.

Segundo o secretário de Saúde, Leal Junior, o sistema de saúde do município está funcionando de maneira satisfatória e atendendo às necessidades da cidade, que não tem problemas relacionados à falta de medicamentos. De acordo com o secretário, as empresas estão licitadas, e o município faz suas solicitações regularmente e de acordo com as demandas. “Eventualmente ocorrem problemas na distribuição por parte da empresa licitada e até mesmo atraso por parte dos laboratórios de fabricação, problemas que infelizmente independem do município. Mas, mesmo diante desta dificuldade ocasional, o município não deixa de atender às necessidades do usuário”, concluiu.

Fotos: Ronys Rocha

registrado em: ,
Fim do conteúdo da página