Ir direto para menu de acessibilidade.

Opções de acessibilidade

Página inicial > Notícias > Geral > Prefeito Saulo Milhomem solicita Implantação do Programa Viva Vôlei em Miracema
Início do conteúdo da página

Prefeito Saulo Milhomem solicita Implantação do Programa Viva Vôlei em Miracema

Escrito por Ascom Miracema - Juliana Carneiro | Publicado: Quarta, 08 de Mai de 2019, 16h37 | Última atualização em Quarta, 08 de Mai de 2019, 16h41 | Acessos: 583

WhatsApp-Image-2019-05-08-at-162534-2
WhatsApp-Image-2019-05-08-at-162534-1
WhatsApp-Image-2019-05-08-at-162534
WhatsApp-Image-2019-05-08-at-162534-2 WhatsApp-Image-2019-05-08-at-162534-1 WhatsApp-Image-2019-05-08-at-162534

O prefeito Saulo Milhomem, acompanhado da secretária Municipal de Educação, Fernanda Fialho, e da coordenadora de Políticas Educacionais da Secretaria Municipal de Educação, Luciene Noleto, recebeu na manhã desta quarta-feira, 8, o presidente da Federação Tocantinense de Voleibol (FTV), Ricardo Abalen. Durante reunião, o prefeito solicitou à Federação Tocantinense de Voleibol a implantação do programa reconhecido e portador do Selo Unicef, Programa Viva Vôlei, em Miracema do Tocantins.

“O objetivo é garantir que as crianças conheçam e tenham acesso ao esporte. Este incentivo poderá resultar na profissionalização dos atletas que aqui forem revelados. Além disso, acredito que o esporte seja uma ferramenta importante para disciplina, educação e formação de caráter", enfatizou o prefeito Saulo Milhomem.

O presidente da Federação Tocantinense de Voleibol falou sobre as possibilidades da implantação. "Encaminharei hoje mesmo a solicitação da Prefeitura para a Confederação Brasileira de Voleibol (CBV), para que o Programa Viva Vôlei seja implantado o mais rápido possível na primeira capital do Tocantins.

UNICEF

O Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) promove os direitos e o bem-estar de cada criança em tudo o que faz. Com seus parceiros, trabalha em 190 países e territórios para transformar esse compromisso em ações concretas que beneficiem todas as crianças, em qualquer parte do mundo, concentrando especialmente seus esforços para chegar às crianças mais vulneráveis e excluídas.

No Brasil, está presente desde 1950. Em parceria com governos, setor privado e sociedade civil articula, promove e assegura que os direitos de crianças e adolescentes sejam prioridade na agenda pública do País. Em nível municipal, desenvolve duas grandes iniciativas em territórios que concentram a maior parte das crianças em situação de exclusão ou de vulnerabilidade social: o Selo UNICEF e a Plataforma dos Centros Urbanos.

Texto: Jhonatas Miranda /  Fotos: Ronys Rocha

registrado em: ,
Fim do conteúdo da página