Prefeito Saulo Milhomem participa da I Conferência do Programa Internato Integrado em Saúde

Prefeito Saulo Milhomem participa da I Conferência do Programa Internato Integrado em Saúde

O prefeito Saulo Milhomem e o secretário Municipal de Saúde, Leal Junior, participam da I Conferência do Programa Internato Integrado em Saúde (Iris), realizada  na tarde desta quinta-feira, 14, no auditório do Campus Warã da Universidade Federal do Tocantins (UFT) de Miracema.

O Iris é um projeto  de extensão da UFT que agrega diversos cursos: Medicina, Enfermagem, Nutrição, Serviço Social, Psicologia, Educação Física e Teatro. Há estudos para que outros cursos sejam incluídos.

O objetivo do Programa é envolver os acadêmicos da UFT na realidade social do município para que, em associação com os profissionais da saúde municipal, realizem ações de saúde, assistência social e educação para a comunidade junto às políticas públicas sociais das seguintes cidades, Miracema do Tocantins, Miranorte, Rio dos Bois, Lajeado, Tocantínia, Guaraí e Barrolândia.

Após a apresentação do Programa, realizada pela professora Ana Lúcia, a plenária seguiu com a escuta da fala dos participantes do município e com debate acerca do tema, Saúde como direito, Democracia e Saúde e Consolidação do Sistema Único de Saúde (SUS).

Após parabenizar a UFT pela inciativa e cumprimentar os gestores e representantes dos municípios vizinhos, o prefeito Saulo Milhomem ressaltou o quanto este Programa é importante aos acadêmicos e principalmente ao município, que poderá contar com mais profissionais na rede de atenção básica do município com possibilidades de investir em outras áreas.

Convênio

Um Termo de Cooperação Técnico-Científica foi entregue ao prefeito Saulo Milhomem, para que ele possa estudar, adequar a proposta ao seu município e então aderir ao Programa. A previsão é de que comece a vigorar em março de 2020,  agregando as atividades ao PET - Saúde, já existente no município de Miracema. 

Esta é uma proposta que congrega atividades de prática na área de saúde, dentro de suas respectivas unidades, nos municípios, bem como em unidades de serviços de Educação (escolas), e Assistência Social (Cras e Creas), mas, essencialmente, busca incluir os acadêmicos nas vivências comunitárias com o fim de contribuir com a sua formação no eixo da promoção da saúde. 

f8dfab7e-5ac1-4ee5-b77b-61812df8ac71
d617cc04-4220-4d7c-8a9c-1fae7d1294f8
bac607fa-0dcd-40b1-9a2e-e6346cdba925
651afdab-7b70-4faa-896b-a599a1fdb6bd
fdd4d3ae-01b9-40bf-852c-8668a8db2477
9e3ea932-1e10-414a-ba37-81c6d8018e2a
d872e6ff-333f-438f-b175-98a17f0144a3
cb0adfb1-760e-4ddc-96a8-92056da6fe60
c8dedf4f-98cf-40a9-87f8-8c0dec6a98ac
651afdab-7b70-4faa-896b-a599a1fdb6bd
9e3ea932-1e10-414a-ba37-81c6d8018e2a

Texto e fotos: Juliana Carneiro


Imprimir   Email